Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, setembro 01, 2010

Ouro e small caps se salvam - Matéria publicada no Jornal do Commércio dia 01/09/2010 - Caderno Mercados

Ouro e small caps se salvam
Tatiana Gurjão

ATIVOS - Agosto foi um mês em que investidores encontraram poucas alternativas de ganhos nos mercados. Metal precioso, procurado em períodos de incerteza, liderou os ganhos, subindo 3,58%, enquanto Ibovespa recuou 3,5%

TATIANA GURJÃO

O ouro apresentou o melhor desempenho entre os investimentos de agosto, se destacando em um mês que viu, em sua maioria, rendimentos abaixo da inflação. No período, a cotação do metal avançou 3,58%, a R$ 73,75. A sinalização de lenta recuperação das economias dos Estados Unidos foi o gatilho para a disparada do ativo que é considerado porto seguro em tempos de turbulência. O desempenho fraco da renda variável e do mercado de câmbio impulsionou ainda mais a cotação do ouro. O Ibovespa, principal índice acionário doméstico, teve perda de 3,5%.

A expectativa do mercado é que a corrida pelo metal seja intensificada nos próximos meses, tanto por fatores sazonais, quanto pela situação financeira ainda precária das principais economias. Segundo projeção do grupo Fitta, o ouro se valorizará 2,37% neste mês, e encerrará o intervalo valendo R$ 75,50. A equipe espera ainda que o metal suba para R$ 80 em dezembro, batendo recorde anual.

"O metal só não subiu muito em agosto, porque em julho tiveram férias e Copa do Mundo, período tradicionalmente ruim para a maior parte do comércio.

A demanda maior da indústria no País pelo ouro é em setembro e em outubro, por conta das encomendas de joias para o Natal.

Já no mercado externo, o valor do metal aumentará impulsionado pela época de casamentos na Índia, no mês que vem", avalia André Nunes, presidente do grupo Fitta.

Na renda fixa, apenas o resultado do Certificado de Depósito Interbancário teve ganho real, com alta de 0,85%. Os demais ativos fecharam com altas abaixo da inflação. O Índice Geral de Preço ao Mercado (IGP-M) subiu 0,77% em agosto.

A poupança, por sua vez, se ampliou 0,5914% e o Certificado de Depósito Bancário (CDB) cresceu 0,65%.

BOLSA. Entre os principais índices acionários do País, o destaque foi para o de energia elétrica (IEE), que se ampliou em 3,49%.

O acréscimo de atividades industriais deu ímpeto para a alta de ações do setor, segundo Alex Agostin, chefe de análise da Austin Rating.

O índice que baliza o desempenho de empresas menores, o Small Caps, ganhou 0,35%. De acordo com Luiz Augusto Pacheco, analista da corretora Omar Camargo, como a maior composição do índice é de ações ligadas ao consumo interno, a empresa apresentou melhor desempenho do que o Ibovespa, onde papéis de commodities têm maior representação.

A maior alta entre as small caps foi apresentada pelas ações da MPX ON (39,09%), animadas pela grande descoberta de gás no Maranhão. Entre essas companhias, o analista aposta em papéis de varejistas, como Lojas Renner e Marisa. Ele realça também o setor de fertlizantes, com forte potencial de elevação no curto prazo. "Os preços desses produtos ainda estão muito baixos, quando comparados aos de 2008. E esse semestre aumentam os plantios de soja, café e milho, engordando as margens das empresas." O Ibovespa, principal referência da Bolsa, registrou perda de 3,51% em agosto. No período, a Bolsa informou saída de R$ 80,3 milhões de investidor estrangeiro.

Os dados são correspondentes até o dia 24 do mês passado. De acordo com Agostini, da Austin Rating, a tendência da Bolsa, no entanto, é de alta, com menor volatilidade.

"Neste mês, a questão da Petrobras deverá ser finalizada, e dados econômicos dos EUA tendem a melhorar. Acredito, por conta desses fatores, que o Ibovespa tenderá a subir, batendo cerca de 70 mil pontos neste mês." No mercado de câmbio, o dólar marcou leve aumento de 0,06%, a R$ 1,757. Daniel Castro, gestor do clube de investimentos Horus Strategy, afirma que a unidade americana teve fraco desempenho por conta da capitalização da Petrobras.

Para o gestor, se a captação da estatal for promovida neste mês, "o dólar chegará fácil à casa de R$ 1,70".

Marcadores: ,

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.