Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, outubro 09, 2009

Dólar cai mais ainda e vale R$ 1,739 - Matéria publicada no Jornal do Commércio dia 09/10/09 - Caderno Mercados






Dólar cai mais ainda e vale R$ 1,739

Tatiana Gurjão

O dólar atingiu o menor patamar do ano pela terceira vez esta semana. A moeda americana bateu a cotação de R$ 1,737 para compra e R$ 1,739 para venda, queda de 0,97% nesta quinta-feira. A sessão interbancária foi turbulenta pela manhã, antes que a cotação despencasse no início da tarde. A taxa Ptax encerrou ao preço de R$ 1,7404 para compra, e R$ 1,7412 para venda.

Entre os indicadores com maior repercussão, estavam o lucro da Alcoa no terceiro trimestre, o aumento das vendas de grandes varejistas norte-americanas e a melhora do mercado de trabalho nos Estados Unidos e na Austrália. A queda do dólar ganhou fôlego adicional nos últimos minutos de sessão, após o leilão de compra de dólares do Banco Central (BC).

Um operador que preferiu não ser identificado afirmou que o BC comprou relativamente pouco em relação ao fluxo percebido no dia, mas ele lembrou que a queda adicional da moeda se deve mais ao fato de que, em condições favoráveis, o mercado freia a baixa do dólar antes das atuações do BC para poder vender os dólares à autoridade monetária a um preço mais alto.

Na avaliação do mercado, o BC não tem reduzido a intensidade dos leilões para enxugar o excesso de liquidez e continua a comprar "agressivamente", nas palavras do ministro da Fazenda, Guido Mantega. O dado que aponta acréscimo de apenas U$S 58 milhões nas reservas internacionais por meio de intervenções no mercado de dólar à vista nos dois primeiros dias de outubro refere-se a leilões feitos no final de setembro em dias de fluxo igualmente fraco. Eles aparecem em outubro porque foram liquidados neste mês.

Já a compra maciça dos bilhões de dólares atraídos pelo IPO do Santander, conforme reportado por profissionais de mercado, é somente uma repetição da estratégia adotada diariamente pela autoridade monetária nos últimos meses, com um volume maior por causa do aumento pontual do fluxo. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar viva voz caiu 0,76%, a R$ 1,7441. A rodada teve giro financeiro de R$ 179.212 milhões. Nos contratos futuros, a moeda americana foi negociada a R$ 1,743 para novembro, a R$ 1,752 para dezembro, e a R$ 1,762 para janeiro. No turismo, a divisa dos Estados Unidos recuou 1,1%, a R$ 1,66 para compra, e R$ 1,80 para venda.

"Os estrangeiros estão considerando investir no Brasil é o país do momento", definiu Daniel Castro, gestor do clube de investimentos Horus Strategy. O IPO do banco espanhol Santander foi um dos responsáveis pela derrubada do preço da moeda americana, no entendimento dele.

"Há um excesso de ânimo no mercado, com grande entrada de capital externo no País esta semana. Está todo mundo acreditando na economia brasileira. Ainda há muito espaço para o dólar cair."


O euro também se desvalorizou ante o real, e perdeu 0,16%, a R$ 2,569 para compra e R$ 2,573 para venda. No turismo, a divisa europeia desceu 0,73%, a R$ 2,43 para compra, e R$ 2,72 para venda.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.