Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

sexta-feira, junho 05, 2009

Dólar não segura a alta da véspera e cai 1,12% - Matéria publicada no Jornal do Commércio dia 05/06/09



Dólar não segura a alta da véspera e cai 1,12%

Jaqueline Porto

O dólar comercial, no mercado interbancário, retornou à queda perante o real nesta quinta-feira. Em dia marcado pela volatilidade, a moeda americana manteve-se em alta durante toda a manhã, mas inverteu o movimento logo no começo da tarde, permanecendo em recuo até o fechamento. O leilão vespertino de swap reverso, realizado pelo Banco Central, não impediu o decréscimo das cotações. Ao final do dia, o dólar comercial foi cotado a R$ 1,940 a compra e R$ 1,942 a venda; baixa de 1,12%.

O dólar "pronto", na Bolsa de Mercadorias & Futuros, acompanhou a desvalorização e fechou cotado em R$ 1,942; - 1,07%. O giro financeiro teve mais um dia de aumento e fechou em R$ 592,934 milhões, para 133 negócios, em D+2. Segundo a BM&FBovespa, em maio, o saldo líquido de compra de ações chegou a R$ 6,1 bilhões; no ano, o resultado amplia para R$ 11,9 bilhões. No turismo, a moeda americana desvalorizou-se 0,99%, sendo R$ 1,87 para a compra e R$ 2,01 para a venda.

No mercado futuro da BM&F, os cinco vencimentos negociados terminaram em queda de mais de 1,5%. O dólar julho/09 fechou em R$ 1,950. "Quanto ao mercado futuro, a alta do preço das commodities tem ajudado a aumentar as posições vendidas de dólar de empresas exportadoras desses insumos", diz Castro.

O decréscimo nas cotações também atingiu o euro comercial, que fechou cotado a R$ 2,743 a compra e R$ 2,754 a venda; baixa de 0,86%. No turismo, a moeda europeia despencou 2,36%, sendo R$ 2,59 para a compra e R$ 2,89 para a venda.

Internacional. Nos mercados internacionais, o dólar manteve-se praticamente estável frente ao euro, cotado a US$ 1,4174 às 20h de Brasília. A libra esterlina estendeu a desvalorização da véspera, cotada a US$ 1,6134, ante US$ 1,6317 de quarta-feira. No mesmo horário, o franco suíço estava praticamente estável, com a paridade de 1,0694 em relação à moeda americana. O euro continuou subindo frente ao iene, alcançando a paridade de 137,03, ante 135,93 da véspera. Em relação ao dólar, o iene também cedeu, chegando a 96,98, ante 95,99 no dia anterior.

A valorização do dólar e a alta na taxa de paridade central dólar-yuan levaram a moeda chinesa a desvalorizar-se em relação à americana. No mercado de balcão, o dólar fechou aos 6,8331 yuans, de 6,8307 yuans do fechamento de quarta-feira.

A queda da moeda americana também se repetiu no mercado de moedas emergentes. Pouco depois das 17h, o dólar recuava 0,88%, a 13,2167 pesos mexicanos e, no ano, acumula perda de 3,42%; caía 0,30%, a 565,45 pesos chilenos e, no ano, -11,44%; perdia 0,71% na sessão, a 1,537 lira turca e, no ano, acumula baixa de 0,26%; e ainda cedia 0,06%, a 30,8515 rublos russo, enquanto no ano a moeda americana exibe alta de 4,92%. (Com agências)

Marcadores: ,

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.